Coro Paroquial de Nossa Senhora Candelária

Esta é a mais antiga instituição musical de Itu. Teve atividade desde o século XVII apesar de poucas informações estarem preservadas quanto aos seus componentes. Sabe-se melhor dos Mestres de Capela, os atuantes regentes e organistas que se revezavam na produção da música sacra na Igreja Matriz.

 

Até início do século XX era comum, nas grandes celebrações, ouvirem-se composições de músicos da terra, a grande orquestra e coro. Com a intervenção do Papa Pio X o repertório precisou ser adaptado aos ditames de Roma e então foram introduzidas obras de compositores italianos.

 

O grupo, outrora formado por pessoas de antigas famílias ituanas, foi acrescido de jovens figuras de famílias italianas, radicadas em Itu, o que permaneceu até meados dos anos 1960. Com a redução do papel dos coros da Igreja, pelas adaptações feitas sob orientação do Concílio Vaticano o coro entrou em decadência e só foi revitalizado na década de 1970. Teve grande atuação até início da década de 2000.